Principal / Veterinária / Joelho Canino

Joelho Canino

Joelho Canino, é um modelo de joelho em tamanho médio com fêmur, fíbula, ossos da patela e tíbia, meniscos, ligamentos e tendões.

Também apresenta em detalhes os meniscos lateral e medial, ligamentos cruzados anterior e posterior, mais 6 outros ligamentos e tendões.

Anatomia do Joelho Canino

A articulação do joelho une o fêmur com a tíbia e a fíbula por meio da articulação femorotibial e da articulação femoropatelar.

O fêmur articula-se por cima com acetábulo (pelve) e por baixo com a tíbia e rótula. A articulação fêmur-tíbio-rotuliana ou patela, é formada pelo encontro do fêmur, da rótula (patela) e da tíbia.

Informações

Joelho Canino, é apresentado sob uma base de material sintético e um cartão de informações. Ideal para veterinários com as características anatômicas e patológicas comuns aos donos de animais.

Destaca pontos importantes do esqueleto, articulações e patologias relacionadas.Também usados para personalizar o consultório veterinário.

Diferenciais

Devido à variedade de estruturas anatômicas incluídas, bem como a precisão com que foi produzida, este modelo é incrivelmente útil para profissionais médicos e estudantes.

Características

  • Resina com aprovação em testes toxicológicos
  • Moldagem natural de alta qualidade
  • Fabricado em material sintético estável e inquebrável
  • Réplicas originais
  • Tamanho médio
  • Escala reduzida do tamanho natural
  • Fora de escala do tamanho natural
  • Juntas articuladas
  • Acompanha cartão informativo com as estruturas relacionadas
  • O modelo vem com base de polímero com suporte e haste de metal
  • Peso: 300g
  • Tamanho do modelo: 5.1cm x 8.9cm x 17.9cm
  • Base: 16.5cm x 12.7cm.
  • Código: VET201

O modelo vem com cartão informativo em base de polímero com suporte e haste de metal para apoio dos equipamentos. Tamanho do modelo: 5.1cm x 8.9cm x 17.8cm; Base: 16.5cm x 12.7cm; Cartão: 13.1cm x 16.3cm. Peso: 300g.

Modelos anatômicos veterinários consistem na aplicação técnica de copiar uma peça utilizando material diverso ao original (resinas, plástico, entre outros materiais). Esta técnica no entanto tende a evoluir dentro da anatomia humana em função da falta de material anatômico para o ensino e pesquisa.
Os resultados obtidos com esta técnica demonstram que as cópias resinadas apresentam todas as características anatômicas do modelo e os custos são vantajosos, as peças resinadas possuem durabilidade superior às naturais e em casos de avaria, os modelos podem ser restaurados, o que não acontece com a maioria das peças anatômicas.

Link de referência: https://pt.wikipedia.org/wiki/Anatomia_canina

Avaliação: 4,0 com base em 7 avaliações