Principal / Veterinária / Anatomia do Cachorro 11 partes

Anatomia do Cachorro 11 partes, é um modelo de um cachorro em tamanho natural, apresentando a anatomia muscular de um cão.
Anatomia do Cachorro 11 partes

Anatomia do Cachorro 11 partes, é um modelo de um cachorro em tamanho natural, apresentando a anatomia muscular de um cão.

O modelo fornece uma referência detalhada para os estudos da estrutura dos movimentos e órgãos internos.

A artéria traqueoesofágica, pulmão, coração (2 partes), estômago, fígado, baço, intestino, órgãos da bexiga podem ser removidos e demonstrados separadamente.

O modelo apresenta as estruturas fisiológica e organizacional do cão em detalhes, bem como sistema digestivo, sistema respiratório e sistema reprodutivo.

Cão

Cão, nome científico – Canis lupus familiaris, no Brasil também chamado de cachorro, é um mamífero carnívoro da família dos canídeos, subespécie do lobo e talvez o mais antigo animal domesticado pelo ser humano.

O esqueleto é composto por 25 partes ósseas principais. O crânio, é composto por 13 ossos, a caixa torácica é formada por 10 pares de costelas, ligadas ao esterno.

A coluna vertebral composta por 7 vértebras cervicais, 13 torácicas, 7 lombares, 3 sacrais e um número variável de vértebras no comprimento da cauda.

Principais características externas, em todas as raças:

  • o Stop
  • a Cabeça
  • o Pescoço
  • as Espáduas
  • a Garupa
  • os Ombros
  • a Cauda
  • as Coxas
  • os Cotovelos
  • os Joelhos
  • os Jarretes
  • os Boletos
  • as Patas posteriores
  • as Munhecas

Um cão possui um total de 42 dentes, divididos em 12 incisivos, 4 caninos, 16 pré-molares e 10 molares.

Sua pele representa a maior parte de seu sistema imunológico. As unhas e as patas são para a durabilidade, as orelhas para sinalização social e as glândulas da derme para demarcação pelo cheiro.

Informações

Anatomia do Cão 11 partes, é apresentado sob uma base de material sintético. Ideal para veterinários, apresenta as características anatômicas e patológicas comuns aos donos de animais.

Destaca pontos importantes da anatomia, articulações e patologias relacionadas.Também usados para personalizar o consultório veterinário.

Diferenciais

Indicado para medicina veterinária, estudo anatômico, consultórios, sala de exames ou sala de espera. O modelo é fixo na base de polímero e vem com cartão informativo.

Características

  • Plástico com aprovação em testes toxicológicos
  • Moldagem natural de alta qualidade
  • Fabricado em material sintético estável e inquebrável
  • Réplicas originais
  • Tamanho natural
  • Numerado e pintado à mão
  • Acompanha cartão informativo com as estruturas relacionadas
  • O modelo vem com base de polímero com suporte
  • Peso: 3.500g
  • Tamanho do modelo: 55cm x 45cm x 25cm
  • Base:
  • Código: BI52

Modelos anatômicos veterinários consistem na aplicação técnica de copiar uma peça utilizando material diverso ao original (resinas, plástico, entre outros materiais). Esta técnica no entanto tende a evoluir dentro da anatomia humana em função da falta de material anatômico para o ensino e pesquisa.
Os resultados obtidos com esta técnica demonstram que as cópias resinadas apresentam todas as características anatômicas do modelo e os custos são vantajosos, as peças resinadas possuem durabilidade superior às naturais e em casos de avaria, os modelos podem ser restaurados, o que não acontece com a maioria das peças anatômicas.

Link de referência: https://pt.wikipedia.org/wiki/C%C3%A3o 

Avaliação: 3,9 com base em 10 avaliações