Principal / Sistema Reprodutor / Gravidez / Estágios da Fecundação e Desenvolvimento do Óvulo

Estágios da Fecundação e Desenvolvimento do Óvulo, mostra o processo do desenvolvimento do feto a partir do óvulo não fertilizado ao 9º mês de gestação.
Estágios da Fecundação e Desenvolvimento do Óvulo

Estágios da Fecundação e Desenvolvimento do Óvulo, é um modelo que mostra o processo do desenvolvimento do feto a partir do óvulo não fertilizado ao 9º mês de gestação.

As estruturas anatômicas importantes estão numeradas e em cores didáticas para um fácil entendimento.

O modelo consiste em 5 partes

Fases de desenvolvimento:

  • Ovulação;
  • Fertilização,
  • Formação de zigoto
  • Implantação no útero e que ocorrem em células de ovário, trompa de Falópio e o útero.

Mostra também um feto:

  • com 2 semanas
  • com 8 semanas
  • com 12 semanas
  • 9 meses de desenvolvimento

Etapas iniciais do desenvolvimento embrionário

  • Ovulação: 1ª etapa do desenvolvimento embrionário. Quando o ovário libera um óvulo para a tuba uterina, inicia o período fértil.
  • Fertilização: Os espermatozoides encontram o óvulo.
  • Formação do Zigoto: Após a fertilização há união de núcleos e do conteúdo genético e a formação do zigoto, que acontece na tuba uterina.
  • Clivagens do Zigoto: O zigoto passa por mitoses e se encaminha para o útero.
  • Nidação: Chega o estágio chamado blastocisto, quando se fixa nas paredes do endométrio uterino.

Formação dos Anexos Embrionários:

O embrião continua o seu desenvolvimento:

  • formação do Cório
  • o Âmnio
  • o Alantoide
  • o Saco vitelínico

Cujas funções são proteger, nutrir e realizar as trocas entre o embrião e meio externo.

Organogênese:

  • Formam-se as camadas de células que originarão os tecidos e órgãos do embrião.
  • O zigoto é a primeira célula do novo ser.

Informações

Estágios da Fecundação e Desenvolvimento do Óvulo, é um modelo para estudo do sistema reprodutor em escolas, universidades é ideal para treinamento, informação médica e científica.

Produzido para o estudo do aparelho reprodutor, treinamento para dissecção cirúrgica, salas de aula e para a educação do paciente e a demonstração de procedimentos.

Diferenciais

Estágios da Fecundação e Desenvolvimento do Óvulo, devido à variedade de estruturas incluídas, bem como a precisão com que foi produzida, este modelo é incrivelmente útil para profissionais médicos e estudantes.

Características

  • Resina com aprovação em testes toxicológicos
  • Moldagem natural de alta qualidade
  • Fabricado em material sintético estável e inquebrável
  • Réplicas originais
  • Fora de escala do tamanho natural
  • Numerado e pintado à mão
  • Acompanha cartão informativo com as estruturas relacionadas
  • O modelo vem com base de polímero com suporte
  • Peso: 1.700g
  • Tamanho: 40cm x 26cm x 27.5cm
  • Código: SR01

Modelos anatômicos consistem na aplicação técnica de copiar uma peça utilizando material diverso ao original (resinas, plástico, entre outros materiais). Esta técnica no entanto tende a evoluir dentro da anatomia humana em função da falta de material anatômico para o ensino e pesquisa.
Os resultados obtidos com esta técnica demonstram que as cópias resinadas apresentam todas as características anatômicas do modelo e os custos são vantajosos, as peças resinadas possuem durabilidade superior às naturais e em casos de avaria, os modelos podem ser restaurados, o que não acontece com a maioria das peças anatômicas.

Link de referência: https://pt.wikipedia.org/wiki/Gravidez

Avaliação: 4,1 com base em 8 avaliações